Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Conheça as histórias de mulheres cientistas, viajantes, que excursionaram pelo Brasil em meados do século XX, com o propósito de realizar pesquisas científicas e estudos variados, fotografar, registrar costumes, inventariar recursos e espécimes naturais, reunir artefatos e coleções para museus diversos, consolidando assim viagens de exploração ainda pouco associadas às mulheres nas histórias mais tradicionais sobre práticas científicas. Em um universo de disciplinas científicas em construção e de instituições que começavam a se acostumar com a presença de mulheres, essas pesquisadoras se aproveitaram de diferentes estratégias para consolidar seus objetivos profissionais.

Obra que discute a recepção da filosofia de Nietzsche por Max Horkheimer, formulador da noção de “teoria crítica”, tomando como fio condutor a sua investigação de aspectos da constituição subjetiva que vão na direção oposta da autonomia e envolvem a fixação pela autoridade, o ressentimento, a agressividade das massas e a prevalência de uma irrefletida racionalidade adaptativa e conformista. O tema é abordado principalmente com base nos escritos dos anos 1930 e 1940 nos quais Horkheimer desenvolve uma leitura de Nietzsche que enfatiza o seu vislumbre e a sua crítica a tendências psicológicas que apontavam para além de seu tempo e teriam culminado na adesão das massas ao fascismo.

Rotineiramente ouvimos a expressão “meio ambiente”, no entanto, talvez já não pensemos mais em seu significado. O que você entende sobre a palavra “meio”? Considera apenas como um sinônimo de metade? Se for isto mesmo, a frase “não quero meio ambiente, quero inteiro” faz sentido para você? Este livro apresenta algumas visões e temáticas de que trata as ciências ambientais. Vamos desde a gestão ambiental, incluindo da água, estudos sobre a nossa biodiversidade e perigos da contaminação do ambiente por medicamentos, passando por comportamentos alimentares, especialmente, o veganismo, racismo ambiental, redes sociais, até a discussão da sustentabilidade em relação à moda.

Genética, consultoria ambiental, administração pública... Tudas essas podem ser áreas de atuação de um biólogo! Seja como consultor, cientista ou educador, este profissional pode atuar em diferentes nichos. Entre os assuntos tratados, está a atuação dos biólogos na Universidade, em áreas como botânica, ecologia, biologia molecular e microbiologia; licenciamento ambiental/consultoria ambiental; atuação em empresas, terceiro setor e na administração pública; na educação (professores de biologia e de ciências e educadores em instituições educacionais não-formais) e na divulgação científica. Venha descobrir como as possibilidades são amplas nesta profisão!

Além do aprofundamento no pensamento de Louis Althusser esta obra aborda, em particular, a teoria de Nicos Poulantzas. A relação entre Estado, classes sociais e bloco no poder, as diferentes fases imperialistas e as novas formas de dependência, a relação entre democracia e socialismo são alguns dos temas que este autor abordou. Quais foram os limites de alguns conceitos elaborados por Poulantzas? Há contradições no interior do seu pensamento? O que foi apresentado como ideia original, mas não foi desenvolvido? Como um determinado conceito pode ser usado para pensar distintas formações sociais? Estas questões perpassam o conjunto destes capítulos, que expressam reflexões e de produções originais que vem sendo desenvolvidas ao longo de vários anos.

LANÇAMENTO

O podcast de grande sucesso na internet, o Scikids, foi adaptado no formato de livro, trazendo diversas perguntas das mais variadas áreas da ciência, para serem mais do que respondidas: destrinchadas e contextualizadas para todas as idades. Se você é curiosa ou curioso, está no lugar certo. Aqui só há uma regra: para qualquer pergunta, "porque sim" não é resposta!

De cunho teórico e analítico, esta obra procura fortalecer a reflexão sobre a Ciência Política praticada no Brasil e sobre o Brasil como caso concreto. Seu eixo principal baseia-se no levantamento das principais teorias que têm sido mobilizadas para compreender o caso brasileiro, acompanhado de reflexões e análises sobre como as características específicas do nosso contexto incidem ao mesmo tempo na utilização, aplicabilidade e limitações dessas teorias. Assim, o livro serve ao duplo propósito de realizar um levantamento dos principais argumentos usados pelos pesquisadores, oferecendo ao leitor um estado da arte da pesquisa em Ciência Política, e mapear as principais características do Brasil como caso concreto e como essas características importam para a avaliação das teorias produzidas.

Fim do conteúdo da página