Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Category: Filosofia, Artes e Humanidades
Pages: 302
Price: R$ 48,00
ISBN: 9786589992318
ISSN: 978658999
Year: 2023
Note: Dimensões 14 x 21 cm

Hits: 274

Review

A escrita deste livro se ancora na descrição de três substantivos, concebidos como conceitos da produção poética de João Cabral de Melo Neto: primeiro, o rio alçado a forma estética e síntese das dualidades nacionais; depois, a cidade topos e elo entre geografia e poética, definindo o lugar de origem do eu lírico, seu destino escolhido e a utopia do mundo justo; e, por fim, o poeta, em suas instâncias íntima e pública, oscilando entre ser e estar no mundo e na arte. Foram analisados poemas produzidos entre os anos 40 e o início dos anos 60, da estreia do jovem escritor à maturidade de poemas feitos às portas do golpe civil-militar de 1964. Tempo de percepção, para muitos intelectuais e artistas, do estrangulamento do otimismo da década anterior, animada pelas políticas desenvolvimentistas e pelo sonho de um país com maior participação popular. O livro, dessa maneira, define-se em um campo de análise um tanto novo na fortuna crítica do poeta, na medida em que busca desfazer a associação entre racionalidade e superioridade, identificadas ambas ao desejo de pertencer às lógicas cosmopolita e moderna, às quais a poesia de Cabral daria forma. Essa escolha crítica, contudo, produziu um ponto cego em relação à matéria histórica brasileira, sua dinâmica e aos próprios impasses presentes na obra do poeta. Abrindo a perspectiva para a relação da obra de João Cabral com outros campos da cultura e das artes em geral, este livro busca entender sua poesia no diálogo com a história, com seu tempo e seus pares.

Fim do conteúdo da página