Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Category: Ciências Sociais
Pages: 236
Price: R$ 48,00
ISBN: 9786599017308
Year: 2020

Hits: 366

Review

Este livro reúne as vantagens do rigor acadêmico com o sabor dos relatos políticos, tornando-o muito expressivo dos processos decisórios da era FHC. Teoria, dados e história política unem-se para construir uma interpretação original sobre a reforma previdenciária. A intuição do autor, qualidade imperiosa do cientista social, levou-o a perguntar qual seria o papel de grupos externos ao sistema propriamente político nos destinos da reforma. Sabe-se que as histórias da seguridade social brasileira e, particularmente, argentina dizem muito a respeito das características de seus sindicatos atuais. Sidney nos mostra que o inverso também é verdade. Em ambos os países os sindicatos influíram no desenho das reformas. Optar pelo método comparado entre países é sempre algo difícil e arriscado, já que em política não basta conhecer as regras do jogo, mas também a forma como os atores as interpretam. Através da compreensão da complexidade das relações entre normas e atores, Sidney apresenta seus melhores achados e aponta as deficiências de teses gerais ou mono causais para as reformas recentes da América Latina. Um livro que vale a pena ser lido pelos pesquisadores de políticas públicas e dos processos de reformas políticas na América Latina, e por todos aqueles interessados em entender os espaços existentes para os sindicatos nesta fase de grandes mutações dos sistemas de proteção social e de valorização dos mecanismos de mercado

Fim do conteúdo da página